Ainda com dúvidas? comercial@heei1.com

O crescimento do Machine Learning no Mobile Commerce

Na última década, percebeu-se uma rápida mudança no comportamento do consumidor. A ascensão do smartphone mudou fundamentalmente a maneira como os consumidores interagem com as marcas – optando cada vez mais por dispositivos móveis em vez de computadores. De fato, alguns chegaram ao ponto de dizer que o futuro do comércio eletrônico estará apenas no celular.

Para os varejistas, isso trouxe desafio e oportunidade. Enquanto o mundo dos dispositivos móveis coloca as lojas ainda mais próximas do consumidor, muitos têm se esforçado para se adaptar rapidamente e correm o risco de perder as vendas. Então, como eles podem vencer esta batalha? Personalização.

De acordo com a UX Mag (revista especializada em experiência do cliente), “Oferecer conteúdo aos usuários adaptado aos seus interesses, necessidades e localização é a chave para aproveitar ao máximo a tecnologia móvel”.As lojas já estão usando a personalização para aumentar as taxas de conversão nos canais da Web e de email; no entanto, as oportunidades para dispositivos móveis costumam ser negligenciadas. Pesquisas recentes demonstram que o usuário pega em média seu smartphone 221 vezes por dia, então, qual o melhor lugar para chamar sua atenção e entregar mensagens de marketing relevantes e personalizadas?

Chatbots

Em 2016, os chatbots surgiram como um grande participante da inteligência artificial e são apontados como a próxima grande novidade. Os chatbots oferecem uma nova maneira de envolver e vender aos clientes e podem ser uma verdadeira virada para os varejistas.

A maior influência que vimos até agora foram os bots de mensagem do Facebook. Esses bots podem ser usados ​​para responder perguntas, enviar recomendações, mostrar imagens de produtos e até responder com botões de apelo à ação em tempo hábil. Embora eles ainda estejam em ajustes, os chatbots, sem dúvida, desempenharão um grande papel.

Muitas lojas já aproveitaram a oportunidade e adicionaram um bot de atendimento ao cliente em seu site, mas os chatbots têm muito mais potencial, principalmente com dispositivos móveis. Se tarefas como informar que um pedido ficou não concluído ou comprar um vestido novo podem ser concluídas com uma conversa, isso pode ser completamente revolucionário – isto é, se resultarem em uma conversão rígida a frio e em aumento incremental de receita.

E as oportunidades de personalização tornam essa tecnologia ainda mais interessante. Os chatbots sofisticados usam algoritmos de aprendizado de máquina e processamento de linguagem natural para fazê-los responder como pessoas reais. Os bots podem conversar com os clientes e realmente se adaptar em tempo real, identificando suas preferências e respondendo com uma resposta personalizada.Alguns disruptores digitais já colocaram os chatbots à prova. O Heei permite que os clientes conversem enquanto compram e recebam mensagens com recomendações personalizadas.

Merchandising personalizado

Para a maioria dos varejistas, o gerenciamento de estoque é um enorme desafio para as empresas de varejo. Um excesso de suprimentos leva a baixa rotatividade e redução da lucratividade. Ainda assim, os estoques resultam em pedidos atrasados, vendas perdidas e clientes insatisfeitos. Estudos realizados por empresas especializadas revelam que esses problemas custam aos varejistas milhões de reais a cada ano. Porém, com análises avançadas, os varejistas podem começar a prever com precisão tendências e preferências em sua base de clientes, obtendo informações extremamente valiosas ao longo do caminho.

Essas informações também podem fornecer às empresas uma melhor compreensão de onde fazer investimentos futuros. Isso pode ajudar a desenvolver uma oferta de varejo mais adaptada ao público específico da loja. Então, como os varejistas obtêm esses dados? Combinar algoritmos com uma visão abrangente da análise de clientes pode muito bem ser a resposta. A CS-Consoft diz: “É possível fornecer por intermédio do CS-PortalPortal de Informações Gerenciais – aos clientes uma experiência perfeita e personalizada, aproveitando informações em tempo real para tornar a experiência de compra do cliente relevante e instantaneamente satisfatória”.

Notificações push (envio) contextuais

Aplicativos são ótimas ferramentas para personalização. As preferências do usuário podem ser salvas e usadas para personalizar a experiência, e algoritmos de aprendizado de máquina podem ser adicionados para fornecer recomendações exclusivas aos usuários. O que é mais eficaz, no entanto, é a capacidade de enviar notificações push personalizadas.

As pesquisam indicam que as notificações push enviadas em massa foram convertidas em 15%, enquanto as notificações personalizadas foram convertidas em 54% a mais nas vendas.E com os desenvolvimentos recentes no aprendizado de máquina, as lojas podem usar algoritmos para segmentação avançada de usuários. Ao aprender e se adaptar constantemente ao comportamento de cada cliente, os segmentos podem se tornar altamente específicos, permitindo que as notificações por push se tornem mais personalizadas e eficazes. É fato que algumas empresas já estudam gerar um perfil psicolinguístico – capacidade do usuário no processamento da informação – em literalmente milissegundos.

Considerações finais

O tema comum dessas estratégias é o uso de aprendizado de máquina. Essa vertente de IA vem florescendo dede 2016, quebrando paradigmas no setor de comércio eletrônico (entre outros) e, finalmente, se tornando uma base para futuros métodos de personalização.

A outra questão importante é o poder do celular. Agora fazemos parte de um mundo móvel, e os varejistas têm muito a ganhar se agirem rapidamente. Mas lembre-se: não pule na onda sem uma estratégia sólida. As lojas que serão bem-sucedidas são aquelas que agem com rapidez, testam e aprendem com uma base de dados – não aquelas que adotam a tecnologia mais avançada apenas por isso.Para saber mais sobre o Heei Mobile Commerce, visite nossa loja virtual – https://app.heei1.com/heei1loja/.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat